História

F.B.C. Rio-Grandense, um "guri" de 100 anos (1)

O clube nasceu nas salas de aulas do Colégio Rio-Grandense, renomado estabelecimento educacional dirigido pelo professor Ernest, destacada figura do ensino riograndino nos primeiros tempos do século passado. Alguns alunos, liderados pelo jovem Amaury Castello, que foi o primeiro presidente, resolveram fundar um time de futebol que representasse o colégio – daí o nome F.B.C. Rio-Grandense. As cores escolhidas foram o vermelho e o amarelo.

Nos primeiros dois anos de atividades, o Rio-Grandense desenvolveu uma programação voltada mais a disputas estudantis, dentro e fora de Rio Grande, fato inédito para a época. Em 1910, o jovem Rodolfo Moll assumiu a presidência e implantou uma nova filosofia de trabalho dentro do clube, que passou a enfrentar outros adversários, que não equipes escolares.

No dia 24 de junho de 1910, um ano depois da fundação, o Rio-Grandense jogou aquela que é oficialmente considerada a sua primeira partida, um amistoso contra a equipe local do União, com vitória de 4 X 1. O primeiro gol da história “escarlate” foi marcado pelo jogador Arlindo.

A partir daí o clube começou a participar ativamente da vida futebolística da cidade, sendo convidado para vários amistosos, pois ainda não havia um campeonato oficial. A organização começou em abril de 1912, quando foi fundada a Liga de Foot-Ball Rio Grande, que teve como primeiro presidente o senhor Arthur Cecil Lawson e integrada pelos seguintes clubes: F.B.C. Rio-Grandense, S.C. Rio Grande, S.C. São Paulo, S.C. Fábrica Túlio, Leal Santos F.C., S.C. União Phabril, S.C. União Democrata e S.C. Internacional.

É interessante salientar que no início do século passado, a fábrica Rheingantz mantinha um clube de futebol, o S.C. União Phabril que se manteve em atividade até o começo dos anos 30, quando deixou de disputar o campeonato principal da cidade. Manteve-se ativo ainda por vários anos no futebol menor. O União Phabril chegou a ser um dos times de ponta. Seu campo ficava em meio a uma vila. O acesso era por um portão largo, entre casas da rua Rheingantz, atual Getúlio Vargas, um pouco antes do estádio do São Paulo.

O primeiro campeonato municipal de Rio Grande foi disputado em 1913, mas infelizmente não ficaram registros apontando o clube campeão. Nessa história de 96 anos o clube que conquistou mais títulos foi o Sport Club São Paulo. Os outros campeões foram o Sport Club Rio Grande, Football Club Riograndense e o Grêmio Atlético Militar General Osório.

Uma curiosidade. O General Osório, time ligado ao Exército tinha o uniforme em quatro cores, coisa nada comum no mundo do futebol. Seu gramado ficava onde hoje se localizam as capelas mortuárias da Santa Casa de Rio Grande.

Até pouco tempo ainda existia uma parte do velho muro do campo, onde em dias de jogo eram colocados quatro mastros, cada um com uma bandeirola nas cores do clube, verde, amarelo, azul e branco, as mesmas da bandeira nacional.

O General Osório encerrou as atividades no começo da década de 30, mas seu estádio permaneceu ainda por muito tempo como local de diversões e eventos, antes de serem construídos os atuais anexos da Santa Casa. Um fato curioso acontecido no campo do General Osório merece citação. Lá se realizou um casamento de três princesas ciganas.

Centenas de ciganos vieram de todas as partes do país e até do exterior, para o grande acontecimento. A festa durou vários dias, com muita música, comida, bebida, danças típicas e, eventualmente, alguma desavença. Até o prefeito da cidade participou.

No dia 5 de abril de 1914 o Rio-Grandense enfrentou pela primeira vez uma equipe de Pelotas, o G.S. Brasil. O amistoso foi disputado em Rio Grande e o “colorado” venceu por 2 X 0. No dia 11 de julho de 1914, data em que comemorava seis anos de existência, o F.B.C. Rio-Grandense, jogou pela primeira vez em Porto Alegre, quando venceu o Fuss-Ball por 4 X 2, recebendo medalhas oferecidas pelo Grêmio Tamandaré.

Em 1915 aconteceu o primeiro jogo que se tem notícia do F.B.C. Rio-Grandense, contra o S.C. Pelotas. O jogo foi em Rio Grande e o Pelotas venceu por 5 X 0, com destacada atuação do jogador Décio Viccari.

(Fonte: Nilo Dias)    Cont.>>

Football Club Rio Grandense

O Guri Teimoso

Widget do Twitter em seu Site Página oficial
Blog oficial
Página oficial no Facebook